Visita ao Centro de Atendimento ao Autista em Pelotas/RS

Ontem visitei o Centro de Atendimento ao Autista Dr. Danilo Rolim de Moura na cidade de Pelotas/RS. Não avisei, nem marquei hora! Mas fui incrivelmente bem recebida pela diretora Débora Jacks e pela vice-diretora Beatriz Felitti – e claro pelas professoras, pais e alunos que estavam por lá! Que momento especial!

Conversando com elas, pude conhecer um pouco mais do trabalho do Centro, que, com certeza, é uma referência em atendimento não só para o estado do Rio Grande do Sul, mas para todo o Brasil. O Centro funciona pelo viés da Educação com o Atendimento Educacional Especializado (AEE), Estimulação Precoce para os pequenos e as mais variadas terapias (Arteterapia, Musicoterapia, PetTerapia, Ludoterapia, etc). Além disso, foram feitas parcerias com a Universidade Federal de Pelotas para atendimentos nas áreas da Psicologia, Fonoaudiologia e Terapia Ocupacional. Ou seja, o Centro tornou-se referência para que outros espaços também atendessem pessoas com autismo. Mas o mais encantador em tudo isto é que o Centrou nasceu do esforço das mães da Associação de Pais da cidade, a AMPARHO, da determinação de vários profissionais, incluindo o grande incentivador do Centro, o médico pediatra Dr. Danilo Rolim de Moura, e do empenho da Prefeitura que, de fato, tirou o centro da esfera dos sonhos e o transformou em realidade.

Iniciativas como essa fortalecem a minha fé, de que um dia todos os autistas terão atendimento especializado de qualidade em suas cidades. É difícil? Sim, com certeza. Mas Pelotas provou que não é impossível. Vamos em frente! Juntos somos mais fortes e sonhando juntos vamos mais longe! Obrigada, Pelotas, pelo exemplo, inspiração, dedicação e amor com que vocês construíram este Centro. 

P.S.: Como se não bastasse tudo isto, entrei uma reunião de pais que estava acontecendo e uma das mães me falou: “você não é a irmã do Mateus?” (!!!). Nem preciso dizer que amei, né? Agradeço por todo o carinho que vocês tem pelo Blog. Ele é nosso! Tenho este tipo de retorno, eu penso: tem como não amar essa minha missão?  

Um comentário em “Visita ao Centro de Atendimento ao Autista em Pelotas/RS

  1. Pelotas provou que não é impossível para quem ja conseguiu vaga. Meu filho foi diagnosticado ja tem um ano. No mesmo dia inscrevi ele no centro de autismo e me falaram que assim que fizessem a mudança para o novo prédio chamariam mais alunos. A mudança foi feita, chamaram mais alunos (inclusive de fora de Pelotas) mas meu filho ainda não foi chamado. Enquanto isso eu sigo mendigando qualquer tipo de terapia com o governo, e sigo nessa tortura sem fim de não conhecer nem o som da voz dele. Adoram falar que é importante o diagnóstico precoce… para que? Ou para quem? Importante para aqueles que tem dinheiro ou para quem teve a sorte de nascer ou morar em um país descente. Pois quem vive nessa bagunça chamada Brasil, de nada adianta

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s